Cremesp cobra da Prefeitura de SP medidas para não prejudicar os médicos

O decreto da Prefeitura Municipal de São Paulo determinando a retomada e ampliação do rodízio de veículos na cidadelevou o Cremesp a oficiar a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes. O objetivo éagilizar o cadastramentodos médicos junto ao Departamento de Operação do Sistema Viário (DSV), salvaguardando o deslocamentodesses profissionais, sem que haja restrições de qualquer ordem.

No ofício, o Cremesp propôs a adoção de ações emergenciais, entre elas, a regularização, sem a necessidade de apresentar novamente os documentos, do cadastro dos médicos que tenham autorizações vencidas e que não foram renovadas em função da indisponibilização deste serviço pelo DSV durante a quarentena.

Veja como está a situação dos médicos agora:
•    Médicos que já possuem registro para isenção de rodízio junto ao Cremesp válida: segundo a prefeitura, estão automaticamente isentos do rodízio;
•    Médicos cujo registro venceu durante a quarentena: precisam, por ora, seguir as orientações da prefeitura e enviar email para o endereço eletrônico indicado:isencao.covid-19@prefeitura.sp.gov.br. No ofício enviado, o Cremesp está cobrando prorrogação automática, para evitar transtorno a esses médicos.
•    Médicos que não possuem registro de isenção de rodízio (moradores de outras cidades, novos médicos, entre outros): devem enviar email para o endereço isencao.covid-19@prefeitura.sp.gov.br. O Cremesp também está cobrando da prefeitura medidas para amenizar o transtorno a esses profissionais.

Informações sobre a resposta da Prefeitura serão noticiadas nos canais de comunicação do Conselho. Recomenda-se a todos que se mantenham atualizados.

Confira as medidas que o Cremesp já vinha adotando para desburocratizar o cadastramento do rodízio

A atual gestão do Cremesp tem como uma de suas prioridades a desburocratização e automação dos procedimentos administrativos. Em 2019, o Cremesp se reuniu com a prefeitura, a CET, o DSV, a Prodam e com o vereador Paulo Frange, autor do Projeto de Lei de isenção do rodízio para os médicos. À ocasião, houve consenso de que este serviço poderia ser realizado de forma totalmente digital, sem a necessidade de apresentar documentos por parte dos solicitantes.

Desde então, o Cremespjá implementou medidas para desburocratizar o processo já foram tomadas. São exemplos: consulta onlinedo benefício através da área do médico, comunicação automática da aprovação por emailedesobrigação de autenticação das cópias dos documentos exigidos. O setor de tecnologia da informação do Conselho está em fase final de teste de uma ferramenta para operacionalizar o processo de requisição totalmente digital do benefício.

O rodízio em SP durante a pandemia
Pelo decreto da Prefeitura, o rodízio de automóveis será ampliado e valerá para todos os dias da semana, em toda a cidade de São Paulo. Os carros com placas de finais 0,2,4,6 e 8 só poderão circular nos dias pares. E veículos com as placas de finais 1,3,5,7 e 9, apenas nos dias ímpares. Sábados e domingos também entrarão no rodízio.  Segundo a norma, profissionais de saúde terão de se cadastrar para ter a liberação de circular com isenção de multa pela cidade. As multas que forem aplicadas nos próximos 10 dias a eles serão descartadas posteriormente. Pelo texto, hospitais, clínicas e demais instituições de saúde deverão informar a prefeitura sobre quais são seus profissionais. Ou, então, o próprio médico poderá fazer o cadastro, informando nome, unidade de saúde em que trabalha e a placa do veículo, pelo email: isencao.covid-19@prefeitura.sp.gov.br

Este conteúdo teve 18 acessos.

Leia mais

Achados radiológicos na covid-19 são tema de palestra online promovida pelo Cremesp

Os exames de imagem, como a radiografia e a tomografia computadorizada, são alguns dos recursos importantes na avaliação de pacientes com suspeita ou confirmação de infecção pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2). Contudo, muitas dúvidas e desinformação vêm emergindo sobre os achados radiológicos na covid-19 e suas implicações clínicas, o que também é agravado pela decorrência da falta de testes no País, como explica o médico radiologista do Grupo Fleury, Gustavo Meirelles. Esses e outros tópicos foram abordados pelo radiologista durante a palestra online “Achados radiológicos na Covid-19”, ministrada em 27 de abril, e promovida pelo Cremesp em suas redes sociais (Instagram, Facebook e YouTube).
Leia mais

Manuseio das Vias Aéreas do paciente com covid-19

palestra Manuseio das Vias Aéreas do Paciente com Covid-19 foi ministrada no dia 17 de abril pela anestesiologista Cláudia Marquez Simões, coordenadora do núcleo de via aérea difícil do Hospital das Clínicas – FMUSP, além de referência em intubação no contexto do novo coronavírus, no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP) e Hospital Sírio e Libanês. Fez parte da série de aulas on line (lives) organizada pelo Cremesp como estratégia de informação e enfrentamento dos médicos à infecção, e resposta efetiva às fake news.

Leia mais

Cremesp realiza projeções, em prédio da sede antiga, com imagens de médicos que estão atuando na linha de frente do combate à covid-19

Em homenagem e em agradecimento aos médicos que estão trabalhando no enfrentamento da pandemia da covid-19, o Cremesp está projetando, desde quarta-feira (22/04), das 18h30 às 19h30, na lateral do prédio de sua antiga sede, imagens desses profissionais de todo Estado, que estão atuando na linha de frente do combate ao coronavírus. As projeções, em respeito à lei cidade limpa, ocorrerão diariamente, neste mesmo local e horário, e se estenderão até 6 de maio.

Leia mais

Cremesp reafirma posição contrária ao cadastramento obrigatório para médicos

A obrigatoriedade do cadastro e medidas coercitivas para o cumprimento da portaria nº 639, de 31/03/2020, do Ministério da Saúde, sobre a ação estratégica  “O Brasil Conta Comigo: Profissionais da Saúde”, é questionável e despropositada, além de violar direitos constitucionais inalienáveis, que garantem liberdades individuais básicas. Este posicionamento do Cremesp já foi divulgado publicamente, em 06 de abril. Uma ação como essa nada acrescenta à boa prática da Medicina e à segurança da população, além de violar os direitos constitucionais inalienáveis que garantem liberdades individuais básicas.

Leia mais

Achados necroscópicos e histopatológicos da covid-19 são tema de live do Cremesp

A professora livre-docente do Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), Marisa Dolhnikoff, coordenadora do estudo de Autópsia Minimamente Invasiva (AMI) na instituição, participou da live Achados necroscópicos e histopatológicos da covid-19, promovida pelo Cremesp, no dia 3 de abril.

“Nosso objetivo é fornecer ao médico informações científicas de qualidade, validadas pelas mais renomadas instituições de ensino, para que esses profissionais possam se instrumentalizar mais adequadamente no manejo clínico da epidemia de covid-19”, afirmou Edoardo Filippo de Queiroz Vattimo, que mediou o debate com os participantes ao final da apresentação.

Leia mais

Orientações para casos de óbitos durante a pandemia de covid-19 – Fluxo de Declarações de Óbito é tema de live do Cremesp

Com o avanço da pandemia de covid-19 na cidade de São Paulo, o Serviço de Verificação de Óbitos da Capital (SVOC) assistiu à chegada dos primeiros casos de morte natural por suspeita de covid-19 – uma doença altamente contagiosa e muitas vezes assintomática ou não diagnosticada.

Essa situação dramática levou à publicação do Decreto 64.880 pelo Governo do Estado, no âmbito da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e da Secretaria de Segurança Pública (SSP), visando estabelecer medidas temporárias e emergenciais de prevenção de contágio pelo novo coronavírus e dar seguimento, em segurança, às atividades de manejo de corpos e necropsias.
Leia mais

Transtornos mentais em profissionais da saúde representam uma outra pandemia associada à covid-19

A covid-19 têm causado grande repercussão e impactos em aspectos psicológicos e emocionais da população. O medo psicológico da pandemia é mais um fator estressor que os profissionais de saúde e a população têm de enfrentar, podendo contribuir com o surgimento ou agravamento de transtornos psiquiátricos, o que constitui uma pandemia dentro de outra. Esse foi um dos aspectos abordados pelo psiquiatra Ricardo Amaral, professor do Instituto de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), na aula virtual (liveImpacto da Covid-19 na saúde mental do médico e da população, promovida no dia 8 de abril pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), em suas redes sociais. O evento online contou com a participação do psiquiatra Edoardo Vattimo, coordenador de Comunicação do Cremesp.

Leia mais

Cremesp denuncia Instituto Adolfo Lutz por armazenagem inadequada de amostras para testes de covid-19

O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) enviou ofício ao Ministério Público e à Secretaria de Estado de Saúde, neste dia 10 de abril, com relatório de fiscalização realizada no Instituto Adolfo Lutz.

Durante fiscalização, realizada pelo Conselho no dia 9 de abril, foram encontrados indícios de irregularidades em relação ao acondicionamento das amostras para testes de covid-19. Cerca de 20 mil amostras in natura foram encontradas no Instituto, aguardando processamento para realização de teste para covid-19. Boa parte delas estava em geladeiras indicadas para a conservação desse tipo de amostras por até 72 horas, uma vez que atingem temperaturas entre 4 a 8 graus Celsius.

Leia mais

Ventilação Mecânica e Covid-19

Particularidades referentes à ventilação mecânica em covid-19 pautaram aula virtual (live) promovida pelo Conselho Regional de Medicina de São Paulo (Cremesp), em 2 de abril, sendo parte de uma série de apresentações on line a médicos sobre o assunto. Desta vez o convidado foi o professor doutor Carlos Ribeiro de Carvalho, titular da disciplina de pneumologia da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) e coordenador da UTI do Instituto do Coração (Incor) e da UTI do Hospital das Clínicas (HC) destinada a pacientes infectados pelo novo coronavírus. Leia mais