Fenômenos Tromboembólicos na Covid-19

Um assunto desafiador e essencial para o enfrentamento médico à covid-19 foi inserido no ciclo de palestras on line organizado pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) e apresentado no dia 29 de maio: qual é o papel dos fenômenos tromboembólicos na nova doença? Para defendê-lo participou o hematologista Antonio Brandão, que atua em centros como Hospital das Clínicas, e Beneficência Portuguesa. De uma forma didática, o médico dividiu sua apresentação em tópicos, como Fisiopatologia, Manifestações clínico-laboratoriais, profilaxia e tratamento, e take home message.

Leia mais

Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo encontra irregularidades no Hospital de Campanha do Anhembi

No último dia 21 de maio, o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) esteve no Hospital de Campanha Anhembi (IABAS) para uma fiscalização das condições de funcionamento e identificou uma série de irregularidades, que comprometem o trabalho dos profissionais da saúde que atuam no local e colocam em risco a vida dos pacientes encaminhados para a unidade em questão.

Leia mais

Infarto Agudo do Miocárdio em pacientes com Covid 19

O Coronavírus é uma pandemia que tem afetado milhões de pessoas ao redor do mundo, sobrecarregando o sistema de saúde mundial como um todo. Desde os primeiros dados catalogados na China, a elevação da Troponina tem sido implicada com lesões miocárdicas e está intimamente associado ao aumento da mortalidade.

Uma grande proporção desses pacientes afetados com maior gravidade apresentam doença cardiovascular prévia ou fatores de riscos cardiovasculares. A injúria miocárdica em pacientes com COVID-19 pode se dever devido a ruptura de uma placa já existente, a tempestade de citocinas,  injúria por hipóxia(alta demanda metabólica e baixa reserva cardíaca) , espasmo coronariano, trombose ou lesão no próprio endotélio.

Leia mais

Coronavirus e suas implicações ao sistema cardiovascular

A pandemia por coronavírus-2019 (COVID-19) é caracterizada por uma doença infecciosa aguda que pode levar a uma grave pneumonia e síndrome da angústia respiratória aguda, podendo também apresentar manifestações extrapulmonares e outras complicações. Uma grande proporção de pacientes tem doença cardiovascular subjacente e/ou fatores de risco cardíacos, que se associam à alta morbimortalidade, como sexo masculino, idade avançada e presença de hipertensão arterial, diabetes mellitus, doença arterial coronariana, insuficiência cardíaca e doenças cerebrovasculares, e que tem implicações significativas nesse grupo de indivíduos. Primeiro, aqueles com COVID-19 e doença cardiovascular preexistente têm um aumento do risco de agravamento e morte. Segundo, a infecção tem sido associada a múltiplos fatores diretos e indiretos para complicações cardiovasculares, incluindo lesão aguda do miocárdio como miocardite, síndrome coronariana aguda das mais diferentes formas de apresentação, exacerbação de insuficiência cardíaca, arritmias e tromboembolismo sistêmico. Terceiro, as terapias sob investigação para COVID-19 podem ter efeitos cardiovasculares adversos. Quarto, a resposta ao COVID-19 pode comprometer a triagem rápida de pacientes não-COVID-19 com condições cardiovasculares agudas. Finalmente, a prestação de cuidados cardiovasculares pode colocar a saúde dos profissionais em posição de vulnerabilidade  à medida que se tornam hospedeiros ou vetores de transmissão de vírus.

Leia mais

Em resposta ao Cremesp, Ministério da Saúde esclarece que não há obrigatoriedade de registro na ação estratégica disposta na Portaria nº 639

Os inúmeros questionamentos demandados pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), por meio de ofícios enviados ao Ministério da Saúde (MS), relativos à Portaria nº 639, de 31 de março, que dispõe sobre a ação estratégica “O Brasil Conta Comigo — Profissionais da Saúde”, fez com que o órgão se posicionasse, através da Nota Técnica nº 396/2020.

Leia mais

Relação entre olfato e COVID-19 nos profissionais de saúde

Estamos realizando esta pesquisa para entender melhor a relação entre a infecção pelo novo coronavírus e os distúrbios de olfato no grupo de profissionais de saúde, os quais são expostos a maior carga viral que a população geral. Leia mais

Virologia e métodos diagnósticos na covid-19

Por se tratar de uma doença nova, portanto, cuja história natural e consequências ainda estão sendo decifradas no mundo, a infecção pelo vírus SARS-CoV-2 ainda suscita dúvidas em termos de virologia, em especial, sobre os mecanismos fisiopatológicos da infecção e seus métodos diagnósticos, entre outros aspectos.

Para abordar a Virologia e Métodos Diagnósticos na Covid-19 o Cremesp promoveu aula virtual (live) com a participação do Prof. Dr Benedito Fonseca, virologista e docente de Infectologia da Faculdade de Medicina da USP de Ribeirão Preto, além de doutor pela Universidade de Yale, nos EUA. A apresentação é parte de uma série referente à pandemia pelo coronavírus organizada pela Casa, que já incluiu, entre outras, exposições sobre manejo clínico, ventilação mecânica, achados radiológicos e manuseio das vias aéreas.

Leia mais

Cremesp defende auxílio indenizatório e pensão especial a profissionais da saúde vítimas da Covid-19, em novo Projeto de Lei

A atual precarização das estruturas sanitárias, em virtude da pandemia da Covid-19, tem vitimado inúmeros dos servidores da saúde, que atuam diretamente na luta contra o novo coronavírus. Este cenário levou o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) a propor o Projeto de Lei (PL) nº 2.168/20.

O PL dispõe sobre a concessão de auxílio indenizatório e pensão especial a profissionais de saúde e dependentes, por incapacidade ou óbito, decorrente de infecção pelo Sars-CoV-2. A iniciativa, endossada pela médica e deputada Soraya Manato (PSL/ES), foi apresentada à Câmara dos Deputados, em 24 de abril, e tramita em regime de votação de urgência.

Leia mais

Pandemia de Covid-19 é tema da Revista Ser Médico de maio

A edição número 90 da Revista Ser Médico traz um panorama sobre a pandemia de Covid-19 e os desafios que o novo coronavírus impôs para a ciência do mundo inteiro.

Um dos destaques do conteúdo é o dossiê que aborda desde o histórico das 12 piores pandemias da história pelo mundo, passando pelos desafios atuais do novo coronavírus SARS-CoV-2 e seus aspectos clínicos, até a busca por medicamentos e tratamentos eficazes.

Leia mais

Presidente do Cremesp debate a adoção de políticas públicas no combate à covid-19

Os principais desafios arraigados à área da Saúde, decorrentes da carência de medidas públicas eficientes, no âmbito da atual pandemia, foram debatidos no artigo “Políticas de saúde na covid-19: do diagnóstico falho à intervenção inócua”, redigido pela presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), Irene Abramovich, e publicado na versão online e impressa dos veículos “O Estado de S. Paulo” (Estadão) e “A Tribuna de Santos”, respectivamente, em 15 de maio.

Leia mais